Módulos teóricos vivenciais

O programa de formação é constituído por 36 módulos denominados abaixo:

  • Definição e Modelo Teórico de Biodanza

  • Inconsciente Vital e Princípio Biocentrico

  • A vivência

  • Aspectos Biológicos da Biodanza

  • Aspectos Fisiológicos da Biodanza

  • Aspectos Psicológicos da Biodanza

  • Antecedentes Míticos e Filosóficos da Biodanza

  • Identidade e Integração

  • Transe e regressão            

  • Contato e caricias

  • Movimento humano 

  • Vitalidade

  • Sexualidade

  • Criatividade

  • Afetividade

  • Transcendência

  • Mecanismos de ação da Biodanza

  • Aplicações e extensões  da Biodanza

  • Biodanza Ars Magna

  • Biodanza e ação social

  • A música na Biodanza

  • Metodologia I (Semântica musical)

  • Metodologia II (Sessão de Biodanza)

  • Metodologia III (Sessão de Biodanza, continuação)

  • Metodologia IV (Curso semanal e Maratona de Biodanza)

  • Metodologia V (O grupo de Biodanza)

  • Metodologia VI (Critérios de Avaliação do processo evolutivo através das categorias de movimento e capacidade de contacto e regressão)

  • Metodologia VII (Elenco oficial dos exercícios de Biodanza)

  • Seminários

  • Seminários

  • Seminários especiais

  • Aspectos de Orientação e Regulamentação Normativa

  • Projecto Minotauro para Facilitadores - Dançando os medos

  • Auto-avaliação dos Níveis de Integração em Biodanza

  • Educação Biocéntrica

PROGRAMA ÚNICO DE FORMAÇÃO DE PROFESSOR DE BIODANZA

1 - Definição e Modelo Teórico da Biodanza

Capítulo I: Definição de Biodanza

 Definição de Biodanza
 Conceitos Estruturais da Biodanza
 Biodanza: Psicoterapia e Educação
 Estudo Diferencial entre Biodanza e outros Sistemas Terapêuticos Biodanza no Contexto das Terapias
 Bibliografia

Capítulo II: Modelo Teórico da Biodanza

 Conceito de "Modelo" nas Ciências
 Evolução dos Modelos Teóricos
 Origem do Modelo Teórico da Biodanza
 Evolução do Modelo Teórico da Biodanza
 Protovivências
 Linhas de Vivências
 Eco-factores
 Estrutura do Modelo Teórico da Biodanza
 Expressão Genética
 Co-factores
 Regressão no Modelo Teórico da Biodanza
 Regresso à Origem
 Nomenclatura do Modelo Teórico da Biodanza
 Esquema: Ecologia Humana: “Integração” nas Linhas de Vivência Esquema do Modelo Teórico da Biodanza
 Descrição do Modelo Teórico da Biodanza (1998)

2 – Inconsciente Vital e Princípio Biocêntrico

Capítulo I: O Inconsciente Vital

 Conceito de Inconsciente Vital
 Inconsciente Vital e Humor Endógeno
 Mudanças de Humor e Variações de Estrógenos
 Inconsciente Vital e Doença
 Princípio Biocêntrico
 A Teoria de Santiago
 Esquema “Duas Vertentes Filosóficas no Conceito de Inconsciente Vital” O Pacto Prévio
 A Música e o Humor Endógeno
 A Pintura como Espelho do Humor
 Holograma e Inconsciente Vital
 Substâncias Enteógenas e Inconsciente Vital
 Esquema “Fatores que Influenciam Negativamente o Inconsciente Vital” Esquema “Fatores que Influenciam a Vitalidade do Inconsciente Vital” O Desejo de Viver
 Esquema “Manifestações do Inconsciente Vital”
 Filhos das Estrelas

Capítulo II: O Princípio Biocêntrico

 O Princípio Biocêntrico
 A Sacralidade da Vida
 Reflexão sobre os Valores da Nossa Cultura
 Quatro Vertentes Culturais
 Esquemas Comparativos entre a Cultura Ocidental e uma Nova Civilização Cultura Consciencializada e Cultura Biocêntrica
 Concepção do Apocalipse
 Conceitos Teóricos de Valor Heurístico

3 – A Vivência

 Definição de Vivência
 Prioridade das Vivências na Biodanza Características das Vivências
 Fisiologia das Vivências
 Embriologia das Vivências
 Protovivências
 As Linhas de Vivência

Diretor : Nuno Pinto Diretor Pedagógico: António Sarpe Coordenadora : Ana Maria Silva

Pág 4/20

 Relação das Vivências com o Comportamento e a Experiência Vivida Principais Exercícios de cada Linha de Vivência
 Relações entre as Linhas de Vivência
 Integração

 O Gozo de Viver
 Níveis de Integração
 Características das Combinações Epistemologia da Vivência
 Relatos da Vivência

4 - Aspetos Biológicos da Biodanza

 Princípios Universais do Vivente
 Filiação Biológica do Vivente
 Auto organização. Conceito de Autopoiesis
 Novas Ideias sobre Evolução
 Invariância Reprodutiva
 Seletividade. Relação com o Ambiente
 Diferenciação
 Memória
 Auto regulação
 Características Especiais de Alguns Processos Biológicos da Vida Humana Existe Progresso Biológico?

5 – Aspetos Fisiológicos da Biodanza

 Introdução: "O Corpo como Holograma".
 O Sistema Integrador – Adaptativo – Límbico – Hipotalâmico Sistemas de Integração
 Sistema Nervoso Neurovegetativo
 Ação do Sistema Nervoso Autónomo
 Sistema Imunológico
 O Sistema Neuro–Endócrino–Imunitário
 O Sistema Endócrino
 Efeitos da Biodanza sobre o SN – SE – SI
 Bibliografia

6 – Aspetos Psicológicos da Biodanza

  Introdução

  Antecedentes Psicológicos da Biodanza: Freud, Jung, Reich, Lacan, Bachelard, Fornari, Rogers,

Hillman

  Escala de Desenvolvimento do Instinto à Emoção

  Teoria dos Instintos

  Biodanza: o Resgate dos Instintos

  Auto avaliação segundo o Esquema dos Instintos

  As Emoções: Para uma Fenomenologia das Emoções

  Origem Biológica e Desenvolvimento Primal das Emoções

  O Córtex Cerebral e a Região Límbico-Hipotalâmica

  Centros Neurológicos das Emoções

  Experiências sobre Emoção e Expressão

  Estudos Antropológicos

  Neurofisiologia e Psicologia das Emoções

  Psicologia das Emoções

  Expressão das Emoções em Psicoterapia

  Expressão das Emoções pelo Choro

  Sorriso Verdadeiro e Sorriso Falso

  Respostas Psicossomáticas às Emoções

  Emoção e Doenças Psicossomáticas

  Considerações Antropológicas sobre a Agressividade e a Violência

  Reflexões sobre Emoções e Ecologia

  Bibliografia

7 - Antecedentes Míticos e Filosóficos da Biodanza

 Introdução
 Aplicação dos Mitos e Arquétipos no Sistema da Biodanza
 Os Mitos de Morte e Ressurreição, Identificação do Homem com a Natureza Antecedentes Filosóficos
 Heráclito, Filósofo do Eterno Devir
 O Pensamento de Heráclito e o Princípio Biocêntrico
 Epílogo
 Bibliografia

8 – Identidade e Integração

 Introdução
 Definição da Identidade
 Diversas Concepções sobre Identidade A Vivência de Estar Vivo
 A Consciência de Si Mesmo

 Esquema Dinâmico da Identidade Auto-estima e Auto-imagem
 Identidade Normal
 Auto avaliação da Identidade
 Identidade Patológica

 Identidade e Vínculo
 Identidade Sexual e Roles
 Identidade e Amor
 Identidade e Música
 Identidade e Altercação
 Identidade e Diversidade
 Identidade e Consciência Cósmica Identidade e Biodanza
 Biodanza, Expansão da Identidade Integração
 Psicopatologia da Dissociação

9 - Transe e Regressão

 Conceito de Transe
 Conceito de Regressão
 Distintos Tipos de Transe (Esquema)
 Exercícios para Cinco Níveis de Transe em Biodanza O Transe Poético
 Indicações

10 - Contacto e Carícias

 Introdução
 Conceito de “Contacto”
 A Carícia
 Aproximação e Contacto em Feed-Back
 Qualidade do Contacto
 Fenomenologia da Carícia
 Reconhecimento Corporal e Acariciamento Respostas de Inibição e Repressão
 Sobre a Forma da Carícia
 Fundamento das Terapias de Contacto
 Princípios do Encontro Corporal

Anexos:

a)  Proposta de um workshop sobre a Arte da Carícia (Maite Bernardelle)

b)  Texto sobre a Carícia e o seu Poder Integrador (Sandra Salmazo)

11 - Movimento Humano

 Ciência e Movimento
 Descrição do Modelo Sistémico do Movimento Categorias do Movimento
 O Movimento Humano
 O Sistema Nervoso Autónomo
 Ritmos Orgânicos e Motricidade
 Psico-diagnóstico de Kinesias
 Movimento em Câmara Lenta
 Marcha como Expressão Existencial
 A Postura Corporal
 O Essencial na Reabilitação
 O Corpo é uma Expressão Existencial

12 – Vitalidade

 Definição de Vitalidade Ligação à Vida
 Índices de Vitalidade Pressão Arterial

 Respiração
 Auto-regulação da Temperatura
 Resposta Imunológica
 O Sistema Neuro-Endócrino-Inunitário
 O Culto do Corpo
 O alcance de uma Visão Integral da Vitalidade
 Bibliografia
Obs.: Deverão fazer parte do Programa Vivencial deste tema, os exercícios específicos da Linha da

Vitalidade.

13 - Sexualidade

 Definição de Sexualidade
 A Vivência Sexual e o Inconsciente Vital
 Evolução da Sexualidade Adulta mediante a Biodanza O Desejo na Génese do Prazer
 O Corpo: Fonte de Prazer
 Masturbação
 Procura Persistente do Prazer do Movimento
 Desde a Fonte Instintiva até à Integração
 Impulso Sexual e Identidade
 Fetiche e Âmnio
 Erotismo Indiferenciado e Diferenciado
 Escolha do Par: Decisão ou Preferência

 Amor Exclusivo e Amor Ao Mundo
 O Par Ecológico
 Bases Fisiológicas
 Hormonas e Neuromoduladores da Sexualidade
 Alterações Fisiológicas durante a Aproximação Sexual Curvas do Orgasmo Masculino e Feminino

 Fecundação
 Aspetos Míticos e Antropológicos
 Vagina e Falo como Expressões Cósmicas
 Função Ritual da Orgia
 A Revolução Sexual
 Idealismo e Genitalização
 Esquema sobre Valores Culturais Castradores
 Esquema sobre a Repressão – Libertação
 Transtornos da Sexualidade
 Tabela sobre Transtornos da Sexualidade na Mulher
 Tabela sobre Fatores Determinantes da Patologia Sexual
 Tabela de Sintomas para o Diagnóstico da Sexualidade
 Pautas para Conhecer a Qualidade da Identidade Sexual
 Biodanza e Sexualidade
 Efeitos da Biodanza na Vivência Sexual
 Exercícios da Linha da Sexualidade e os seus Efeitos
 Progressividade
 Leituras Recomendadas
Obs.: Deverão fazer parte do Programa Vivencial deste tema, os exercícios específicos da Linha da

Sexualidade.

14 - Criatividade

 Definição de Criatividade
 Esplendor Criativo
 A Criatividade: Uma Função Natural
 Criatividade Existencial
 Repressão Da Criatividade
 Aspetos Biológicos Da Função Criativa
 A Criatividade como Expressão de Superabundância Biodanza e o Desenvolvimento da Função Criativa Linha da Criatividade: Patologia e Prescrições
 A Criatividade e o Modelo Teórico
 A Dança da Criação
 Expressão Artística
 Arte e Princípio Biocêntrico
 Ver e Amar

 Grafismo Infantil
 Biodanza, Desenho e Pintura
 Biodanza e Poesia
 Biodanza e Expressão em Argila
 Expressão de Sensações Cenestésicas e Vivências através da Argila
 Criatividade a partir da Vivência
 Danças Criativas
 Dança e Estilos de Pintura
 Como Criar uma Canção
 Nós Somos A Mensagem
Obs.: Deverão fazer parte do Programa Vivencial deste tema, os exercícios específicos da Linha da Criatividade.

15 - Afetividade

 Definição da Afetividade (Mundo Dos Sentimentos) Para uma Fenomenologia da Afetividade.
 Renovação Biológica e Reprogressão.
 Aspectos Biológicos da Afetividade.

 Componentes Estruturais da Afetividade.: 1. Identidade.

2. Nível De Consciência.
3. Nível De Comunicação.
4. Eco-factores e Antecedentes Biográficos

 A Afetividade é a Inteligência Biocósmica.
 Alexitimia: Emoções Geradoras de Confusão.
 Alexitimia e Biodanza.
 Patologia da Afetividade.
 A Auto-Opressão
 Afetividade e argumentos de Vida Patológicos.
 Afetividade e Auto-regulação.
 Percepção Estética do “Outro”
 Importância do Abraço
 Modelo de Encontro
 Índices de Afetividade
 Sofrimento e Felicidade
 Do Sofrimento à Plenitude
 Fundamentos da Ecologia Humana
 A Amizade
 A Ética, Um Absoluto Humano
 Bibliografia
Obs.: Deverão fazer parte do Programa Vivencial deste tema, os exercícios específicos da Linha da Afetividade.

16 - Transcendência

 Conceito de Transcendência
 Transe e Regressão
 Indução do Transe na Biodanza Estados de Consciência Suprema Acesso ao Maravilhoso

 A Sacralidade da Vida
 A Essência Divina
 A Vivência Mística
 Biodanza: Transformação do Indivíduo em Dança Autocontrole Evolutivo

 Dinâmica da Maldade e da Bondade
 Bibliografia
Obs.: Deverão fazer parte do Programa Vivencial deste tema, os exercícios específicos da Linha da Transcendência.

 

17 - Mecanismos de Ação da Biodanza

 Prefácio
 Expressão da Identidade
 Exercícios de Ação Integradora
 Ação da Biodanza sobre a Vitalidade e a Saúde
 Ação da Biodanza sobre a Sexualidade
 Ação da Biodanza sobre a Criatividade
 Ação da Biodanza sobre a Afetividade
 Ação da Biodanza sobre a Linha de Transcendência
 Mecanismos Neurofisiológicos
 Ação Terapêutica e Reabilitação Existencial
 Mecanismos de Ação sobre Grupos Específicos
 Diálogos Silenciosos induzidos pela Proximidade e o Contacto Ação sobre a Estrutura Sociocultural

18 - Educação Biocêntrica

Capítulo I: Educação Biocêntrica

 Conceito de Educação Biocêntrica
 Fins da Educação Biocêntrica
 Estrutura Teórica da Educação Biocêntrica Inteligência Afetiva
 Educação Biocêntrica e Imagem do Homem

 Aprender a Construir o Conhecimento
 Necessidade Social
 Enfoque Epistemológico da Educação Biocêntrica

Capítulo II: Biodanza como Mediação

 Biodanza como Mediação
 Educação Biocêntrica e Expressão de Potenciais 

O Corpo na Educação
A Criança em Movimento
 Biodanza e Profilaxia

Capítulo III: A Criança

 Frederick Leboyer: Nascimento com Amor
 O Contacto Primal
 Arnold Gessel: Embriologia da Conduta
 A Deriva do Desenvolvimento Ontogenético
 René Spitz: Doenças por Carência Afetiva
 Rof Carballo: Integração Córtico-Diencefálica
 Jean Piaget: A Identidade e a Construção do Mundo
 Irenaus Eibel Eibesfeld: Etologia da Criança e da Família O Instinto e a Educação Biocêntrica

Capítulo IV: O Adolescente

 Crises de Identidade
 Características da Adolescência
 Iniciação e Ritos de Passagem
 Biodanza com Adolescentes em Situação de Risco

Capítulo V: A Criatividade e a Educação Biocêntrica

 A Criatividade da Criança
 A Criatividade a partir da Vivência Evolução do Desenho Infantil

Capítulo VI: Conteúdo Programático da Educação Biocêntrica

 Conteúdo Programático da Educação Biocêntrica

19 - Aplicações e Extensões da Biodanza

Advertência

Este tema tem por objetivo oferecer um panorama geral, mediante breves resumos sobre cada aplicação e extensão da Biodanza.

Os exercícios e músicas específicos para Extensões e Aplicações da Biodanza não devem introduzir-se no Programa do Curso de Formação de Professor de Biodanza, porque fazem parte dos Programas Específicos dos cursos específicos de habilitação nas Aplicações e Extensões da Biodanza.

Aplicações

 Biodanza para Crianças Biodanza para Idosos Biodanza para Casais Biodanza Familiar

 Biodanza para Mulheres Grávidas Biodanza nas Empresas

Aplicações Clínicas e Reabilitação Existencial

 Biodanza e Stress
 Biodanza para Doentes Psicossomáticos Biodanza para Doentes Mentais
 Biodanza para Doentes de Parkinson
 Biodanza para Doentes de Alzheimer
 Biodanza na Anorexia e Bulimia
 Biodanza para Deficientes Sensoriais
 Biodanza para Deficientes Motores
 Biodanza nos Transtornos Sexuais
 Biodanza para Toxicómanos
 Reabilitação Existencial

Extensões

 Projeto Minotauro A Árvore dos Desejos Missão Argonauta

 O Círculo dos Arquétipos Pressentimento do Anjo Dançar o I Ching
 Regresso de Dionísio
 Neoxamanismo

 Biodanza, Identidade e os Quatro Elementos Caminhos do Êxtase
 Biodanza na Natureza
 Biodanza Aquática

 Biodanza e Argila
 Biodanza e Massagem
 O Jardim do Paraíso
 Laboratório de Criatividade
 Biodanza e os Quatro Elementos

20 - Biodanza Ars Magna

 Todos Somos Um
 Arte da Vida
 Atuar Sobre a Parte Sã
 O Ato Íntimo de Curar
 Para uma Visão Integral do Homem
 Uma Terapia para "Doentes da Civilização" Fenomenologia: Modos de Sentir-se Doente Doenças Psicossomáticas
 Mecanismo de Adaptação ao Stress
 O Sistema Imunitário e as Emoções
 Biodanza e Doenças Psicossomáticas
 Referências

21 - Metodologia I (Semântica Musical)

  Modelo Teórico da Biodanza e Música

  Para uma Semântica Musical

  Música – Movimento – Vivência: Uma estrutura unitária

  Critérios de Selecção das Músicas para a Biodanza

  Exemplo Esquemático da Relação entre Emoção e Música

  Exemplos de Exercícios e Músicas em Relação ao Processo de Integração e as Linhas de

Vivência

A Sessão de Biodanza Significado Antropológico Objetivo
Níveis

Demonstrações Públicas e Aulas Abertas Duração
Estrutura

Os Exercícios da Biodanza
Efeitos Fisiológicos
Exercícios Básicos e Exercícios Específicos Classificação
A Explicação
A Música

22 - Metodologia II (A Sessão de Biodanza)

Estruturação da Parte Vivencial
Exemplos de Exercícios de Integração, Comunicação Afetiva e Comunicação, onde colocá-los na Estrutura da Vivência
Exemplos de Exercícios Específicos de Expressão dos Potenciais Genéticos
A Passagem de um Exercício ao outro
Ativação Final

23 - Metodologia III (A Sessão de Biodanza - Continuação)

  Sessões de Iniciação

  Exemplos de Estruturas de Vivências de Iniciação

  Sessões de Aprofundamento e de Radicalização das Vivências

  Intensidade da Vivência

  Exemplos das Estruturas de Vivências de Aprofundamento e de Radicalização nas Cinco Linhas

  Dificuldades e Erros Metodológicos

  Código para alcançar uma Lucidez Discriminativa que permita diferenciar o Sistema Biodanza

de outras Propostas de Desenvolvimento Humano

24 - Metodologia IV (Curso Semanal e Maratona de Biodanza)

 Curso Semanal de Biodanza
Níveis
Cursos de Iniciação
Curso de Aprofundamento e Radicalização das Vivências Duração

 Programa de um Curso Semanal de Biodanza Objetivos Globais
Objetivos Específicos

Explicações Teóricas
Exemplos de Argumentos Teóricos para o Programa de um Curso Semanal de Biodanza
Sequência de Vivências
 Programa de um Curso de Iniciação
Parte Teórica
Parte Vivencial
Exemplos de Exercícios de Integração
Exemplos de Exercícios de Comunicação Afetiva, Regressão e Transe que podem ser incluídos no Programa de um Curso de Iniciação
 Programa de um Curso de Aprofundamento e Radicalização das Vivências
Parte Teórica
Parte Vivencial
Exemplos de Exercícios Específicos de um Programa de Aprofundamento e Radicalização das Vivências
 Maratona de Biodanza
Níveis
Duração
Estrutura

25 - Metodologia V (O Grupo de Biodanza)

 O Grupo de Biodanza: Matriz de Renascimento O Grupo de Biodanza
 Funções do Grupo de Biodanza
 Integração do Grupo de Biodanza

 Primeiros Momentos
 Integração Orgânica de Base Afetiva
 Dinâmica do Grupo de Biodanza
 Atuar sobre a Parte Sã
 Sobre a Participação no Curso Semanal e o Superar dos Mecanismos de Defesa Função da Parte Teórica na Integração do Grupo
 Relato de Vivências
 Entrevista Individual
 Participação do Professor de Biodanza nas Sessões que dirige
 Atitude do Professor durante as Sessões que dirige
 Relação entre o Micro-Mundo Grupal e o Macro-Mundo Social
 Aspetos Experimentais e Fenomenológicos da Biodanza

26 - Metodologia VI

 Critérios de Avaliação do Desenvolvimento na Biodanza

27 - Metodologia VII

 Aprofundamento da Aprendizagem do Elenco Oficial dos Exercícios, Instruções e Músicas da Biodanza

PROGRAMA DE CONFERÊNCIAS

O Programa Único de Formação em Biodanza, inclui três Conferências ou Seminários. Cada Conferência terá uma duração de três horas. Os temas podem ser eleitos entre os que adiante se descrevem:

1 - Estrutura e Evolução do Universo

  Carl Sagan: "Cosmos".

  Paul Davies: "Il Cosmo Inteligente". Editora Arnaldo Montadori, 1988 - Milão, Itália.

  Rolando Toro Araneda: "El Principio Biocéntrico". Editora de la International Biocentric

Foundation, 1998 - Chile.

  Ken Wilber, K. H. Pribam, F. Capra, M. Ferguson e outros: "O paradigma holográfico". Editora

Cultrix, 1982 - São Paulo, Brasil.

2 - Teorias sobre a Origem da Vida

  Fritjof Capra: "La rete della Vita". Editora Rizzoli, 1997 - Itália.

  Rupert Sheldrake: "Una nueva ciencia de la vida. La hipótesis de la causación formativa".

  Rolando Toro y Cecilia Toro: "Morfogenesis biológica y Creatividad". Editora de la International

Biocentric Foundation, 1998 - Chile.

3 - A Vida

Rolando Toro Araneda: "Características universales de los seres vivos. Autopoyesis y autonomía". Editora de la International Biocentric Foundation, 1998 - Chile.

 H. Maturana y F. Varela: "Autopoiesis e cognizione". Editora Marzilio, 1985 - Veneza, Itália.

Diretor : Nuno Pinto Diretor Pedagógico: António Sarpe Coordenadora : Ana Maria Silva

Pág 17/20

  F. Varela: "Principles of Biological Autonomy". Editora Elsevier North Holland, 1979 - Nova Iorque, EUA.

  F. Varela: "Autonomie et Connoissance: Essai sur le vivant". Editora Seuil, 1987 - Paris, França.

  Henri Atlan: "Entre o cristal e a fumaça: ensaio sobre a organização do ser vivo". Editora Jorge

Zahar,1992 - Rio de Janeiro, Brasil.

4 - Do caos à ordem. Fractais

Ilya Prigogine: "¿Tan sólo una ilusión? Una exploración del caos al orden". Editora Tusquets.S.A,1988 - Barcelona, Espanha.

  E. Morin: "Introduzione al pensiero complesso. Gli strumenti per affrontare la sfida della complessita". Editora Sperling & Kupfer, 1993. Milão - Itália.

  E. Morin: "O Método" (3 tomos). Editora Publicações Europa América, 1997 - São Paulo, Brasil.

  David Bohm: "La totalidad y el orden implicado". Editora Kairos,1988 - Barcelona, Espanha.

  Rene Thom: "Parábolas y catástrofes". Editora Tusquets superinfimos 5, 1985 - Barcelona,

Espanha.

  Roger Lewin: "Complexidade: A vida no limite do caos". Editora Rocco, 1994 - Rio de Janeiro,

Brasil.

5 - Biodanza uma Nova Epistemologia

  Rolando Toro: "Inversión de la estrategia epistemológica". Editora de la International Biocentric Foundation, 1998 - Chile.

  Eugenio Pintor: "Biodanza una nueva epistemología". Editora de la International Biocentric Foundation, 1998 - Itália.

  Foerster Heins von: "Nota para uma Epistemologia dos objectos vivos". A Unidade do Homem, vol. II. Editora Cultrix, Universidade de Sao Paulo, 1974 - São Paulo, Brasil.

  F Varela: "Scienza Tecnologia della cognizione". Editora Hopeful Monster,1987 - Florença, Itália.

6 - Evolução da Imagem do Homem desde a Pré-história até aos Nossos Dias

  Rolando Toro Araneda: "La imagen del hombre en la medicina y la antropología del siglo XX". Editora de la International Biocentric Foundation, 1998, Chile.

  Konrad Lorenz: "Evolución y modificación de la conducta". Editora Siglo XX, 1971 - México.

  Fritjof Capra y David Stundl Rost: "Pertenecer al universo". Editora Talleres Gráficos, segunda

edición, 1993 - Buenos Aires, Argentina.

  Irenaus Eibl Eibesfeldt: "El hombre preprogramado". Editora Alianza, 1983 - Madrid, Espanha.

  Antonio R. Damasio: "El error de Descartes" Editora Andrés Bello, 1996, Chile.

  Irenaus Eibl-Eibesfeldt: "Etología Humana. Le basi biológiche e cultural del comportamento".

Editora Bollati Boringhieri, 1993 - Turim, Itália.

Diretor : Nuno Pinto Diretor Pedagógico: António Sarpe Coordenadora : Ana Maria Silva

Pág 18/20

Rolando Toro Araneda: "Determinismo y libertad humana según algunos pensadores contemporáneos: Teilhard de Chardin, Heidegger, Sartre, Cioran y Jaspers". Editora de la International Biocentric Foundation, 1998 - Chile.

7 - Temas de Psicologia Teórica para Serem Estudados

  C. C. Jung: "Aplicação da teoria dos arquétipos na Biodanza".

  Wilhem Reich: "Sexualidade e repressão".

  Bion: "Categorias para compreender as linhas da psicopatologia".

  C. C. Jung: "Símbolos e transformação". Editora Vozes,1986 - Petrópolis, Brasil.

  Michel Maffesoli: "L'ombra di Dionisio. Una sociología de las pasiones". Editora Garzanti, 1990

- Itália.

  James Hillman: "Saggio su pan". Editora Adelphi, Piccola Biblioteda, 1991 - Milão, Itália.

8 - Ética

  James Hillman y Michael Ventura: "Cento anni di Psicoterapia e il mondo va sempre peggio". Editora Garzanti, 1993, Itália.

  James Hillman: "Paranóia". Editora Vozes, 1993 - Petrópolis, Brasil.

  Martin Buber: "El "yo" y el "nosotros".

  Rolando Toro y Carlos García: "Vivencia ética y conducta ética". Editora de la International

Biocentric Foundation, 1998 - Chile.

9 - Reabilitação Existencial

  Rolando Toro Araneda: "Rehabilitación Existencial". Editora de la International Biocentric Foundation, 1998 - Chile.

  Carl Sagan: "El mundo y sus demonios". Editora Planeta, 1997 - Buenos Aires, Argentina.

  Rolando Toro Araneda: "Clasificación de las terapias". Editora de la International Biocentric

Foundation, 1998 - Chile.

  Rolando Toro Araneda: "El retorno del Centauro Quirón". Editora de la International Biocentric

Foundation, 1998 - Chile.

10 - Motivações para Viver

 Rolando Toro y Carlos García: "Análisis existencial según las líneas de vivencia. La existencia y sus configuraciones corporales". Editora de la International Biocentric Foundation, 1998 - Chile.

Rolando Toro Araneda: "Ontología del deseo". Editora de la International Biocentric Foundation, 1998 - Chile.

Diretor : Nuno Pinto Diretor Pedagógico: António Sarpe Coordenadora : Ana Maria Silva

Pág 19/20

11 - Linguagem e Expressão

Charles Darwin: "Expresión des emotions ches l'homme et les animaux". Editora Reimvald,1987 - Paris, França.

  Rolando Toro Araneda y Marcelo Mur: "Función del lenguaje verbal en Biodanza". Editora de la International Biocentric Foundation, 1998 - Chile.

  Rolando Toro Araneda y Eliane Matuk: " El lenguaje musical. Evolución cualitativa de la música de Biodanza". Editora de la International Biocentric Foundation, 1998, Chile.

  Rolando Toro Araneda:"Los diálogos corporales". Editora de la International Biocentric Foundation, 1998 - Chile.

12 - Antropologia da Dança

 Serge Lifar: "Editora Nueva Colección Labor, 1968 - Barcelona, Espanha.
 Roger Garaudy: "Danzar la Vida". Editora Cittadella, 1970 - Itália.
 Rolando Toro: "Danza y Mito". Editora de la International Biocentric Foundation, 1998 - Chile. Friedrich Nietzsche: "El nacimiento de la tragedia". Editora Alianza, 1997

PROGRAMA

© Site criado por Geane Bonfim

Lisboa | Porto | Algarve

  • Escola Biodanza SRT Lisboa
  • Escola Biodanza SRT Porto
  • Facebook - Black Circle